ASAS – Saúde e Sustentabilidade

É desta inspiração que o projeto ASAS foi criado, a partir do sonho de seu idealizador, o médico Thiago Luiz Morais de Souza Bandeira e pela história e incentivo do Prof Luiz Werber-Bandeira. Com formação na Santa Casa, dentro de um ambiente de interesse público e do trabalho no setor privado na Clínica Imunoderm, que a equipe se motivou a unir essas duas pontes de atuação na medicina para extrair o melhor de dois cenários tão opostos e criar um modelo de gestão mais eficiente que pudesse unir saúde e social.

Os médicos que atuam no projeto ASAS são os mesmos que prestam serviços na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e na clínica de alto padrão, Imunoderm, padronizando assim o mesmo protocolo de atendimento para todas as classes sociais.

Para Thiago Bandeira, conjugar a eficiência de um lado da gestão na área de da saúde com processos de excelência da clínica, com a tradição em saúde social da Santa Casa e oferecer o conhecimento técnico científico que ambas compartilhavam para a comunidade que não consegue ter acesso a tratamentos de saúde de qualidade.

VISÃO

A nossa visão é bastante abrangente no atual quadro da política econômica do país, onde observamos que além de dar continuidade à gratuidade proporcionada pela Santa Casa e a ASAS, buscamos também ampliar os atendimentos para as classes sociais que já não conseguem arcar com os custos de plano de saúde privado.

Ao praticarmos medicina de ponta via Alergia/ Imunologia/Dermatologia e constatando o crescimento do nosso trabalho que abrange o atendimento à particulares e convênios, propusemos ao provedor Dr. Francisco Horta a transposição do nosso modelo de gestão para revitalização da unidade de Alergia/Imunologia, enquanto a sociedade civil continua mobilizada para obtenção de maiores recursos de saúde e educação, o que é totalmente compatível com os nossos objetivos e com o retorno pleno dos atendimentos nas unidades de Santa Casa no Brasil.

Surge então uma oportunidade de implementação de uma nova forma de gestão com a ASAS baseada na lei das OSCIPS que possibilita a continuidade e ampliação do trabalho desenvolvido e otimização de todos os recursos da área de educação com a pós-graduação e atendimentos em saúde na tentativa de garantir esses direitos sociais às pessoas atendidas no projeto.

Palavra do Presidente

Filho de uma socióloga e um médico tive como pilar da minha formação o conceito de igualdade social e saúde para todos.

Parte da minha formação como individuo foi construída no Instituto Todos na Luta, instalado em de tantas comunidades do Rio de Janeiro, onde eu praticava boxe como modalidade olímpica. Convivia naquela época, exatamente com aqueles que não tinham acesso aos direitos sociais que nossa constituição “garante”.

Aprendi muito com meus colegas, pois o fato de não serem “privilegiados” não os impediram de se tornarem grandes homens e não se desviaram de uma conduta idônea, mesmo com tantas dificuldades.

Compreendi nesta experiência o que o nosso treinador estava realizando naquela comunidade: Mais que ensinar um esporte olímpico, o que já é uma nobre missão, ele queria transferir conhecimento e principalmente educar através do esporte para uma sociedade mais justa e cidadã.

Alguns anos depois de me formar em medicina me deparei com um cenário de grande oportunidade para construir algo sobre estas bases que a vida me presenteou e que a família me proporcionou. Minha formação na Santa Casa, meu professor e pai Werber Bandeira, a convivência no Instituto Todos na Luta, a experiência dentro de uma entidade de interesse público e o trabalho no setor privado, na Imunoderm, me trouxeram até aqui.

Entendi que poderíamos ampliar o objetivo e alcançar um maior número de pessoas da comunidade com o nosso conhecimento. Motivado pela busca de uma resposta para uma pergunta inquietadora: O que estamos, de fato, fazendo pela comunidade onde atuamos?

Deste questionamento, criamos a ASAS, para realizar e responder essa pergunta na prática. Desde 2014, a ASAS tem recebido apoio imenso da Clínica Imunoderm, a qual é a mantenedora da associação e tem sido a responsável por todo o sucesso de nossa entidade.

Firmamos através da ASAS um termo de cooperação com a Santa Casa do Rio de Janeiro, que é nossa parceira, e um novo espaço está sendo reformado para ampliarmos os atendimentos que já aconteciam no local. Além disso, essa melhoria vai possibilitar convênios com universidades e projetos sociais que antes não conseguíamos.

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

0